You are currently browsing the tag archive for the ‘invadir’ tag.

Me fizeram de fantoche,
me tacharam de astronauta,
rediscutiram minha existência,
despedaçaram meus sinais vitais,
brincaram de louco e perseguido,
me aprisionaram em minha verdade.
E ainda, sem perder tempo,
questionaram minha própria vontade.

Questionaram minha própria vontade

Questionaram minha própria vontade

Enfim, virei personagem de filme,
palavra no dicionário proibido,
erva venenosa,
e a estrada errada do caminho.
Arrancaram de mim, minha privacidade,
e meu tempo.

Virei questionamento,
desejando ser sonhos,
virei impureza,
desejando ser flores,
virei indesejável,
quando meu único desejo era ser respeitado.

Respeito

Respeito

Mas como assim?
Invadiram meu mundo e me bloquearam,
me rasgaram por dentro.
Quem tem esse direito agressivo da invasão,
sem ao menos tentar?
Sem perdoar?
Sem acreditar?
Sem dar a merecida chance à vida?
Acredito, que ninguém.

Agora preciso limpar meu espaço,
acolher meu mundo,
proteger meus sonhos,
me blindar de força e verdades.

Acreditar em mim,

Continue lendo »