A manhã acorda,
como o orvalho dos sonhos,
que se renova a cada passo que damos.
O espirito de fé, de luta,
de amor e esperança,
abre o peito ao ar puro,
e respira.
Se renova.
Ganha força.

Acorda!!!

Quando acordamos,
lembramos que entre todas as dores,
entre todas as angústias,
temos as alegrias,
que nos envolvem com inúmeros motivos para vivermos.

Além disso,
percebemos que a dádiva da vida,
de fato,
sempre será nossa maior escola,
nosso momento de perdão,
nossos encontros e desencontros.

A pureza do olhar

 No acordar de ontem não enxergávamos essa pureza,
esses sentidos,
mas no final do dia, pedimos perdão,
pois naquelas horas provamos o gosto do sorriso, da felicidade,
de instantes de alegrias.

E no acordar desta manhã,
respiras fundo,
e com felicidade sentimos o arrepiar dos poros,
que num gesto pequeno e grandioso,
enfatiza a luz que está acesa diante de nós,
e que para continuar e cuidar do seu brilho,
precisa que nós acreditemos,
antes de mais nada,
em nossas próprias vidas.

Que seu dia seja iluminado.

Que neste dia,
a luz ressurja em seu olhar.
E que no acordar da manhã seguinte,
tudo esteja e seja melhor,
mais intenso,
ainda mais puro,
e enfim,
recheado das maravilhas
que suas próprias conquistas e aprendizagens
te reservam.

Não tenha medo do acordar de amanhã,
pois você pode se surpreender,
ou precisar de forças para seguir em frente.
Então, de cabeça erguida,
Acorde!

By: Jeff Wendell

Anúncios