Me fale mais sobre você,
Me conte mais sobre sua história.
As pessoas nos cercam em todos os momentos,
de todos os lados,
e em sua grande maioria não fazemos ideia de como é seu sorriso,
qual sua cor predileta,
quais foram e quais são suas lutas.
Mesmo assim,
estamos arrodeados de histórias,
de pessoas que buscam algo,
que querem algo.

Que é você?

Que é você?

Estou ao seu lado,
sepultado pelo silêncio das palavras,
na agonia de descobrir quem és,
na angústia de não saber o que queres de mim ou dos outros que te cercam.
Estamos ao lado de tantos,
e destes muitos não sabemos a quem estender a mão,
não sabemos quem está aqui para o bem,
ou para o mal.

Tantas coisas são ditas,
tantas outras são ouvidas,
mas quais representam o sentido da relação humana?
Qual me diz mais sobre você?
Me apresenta sua personalidade e suas atitudes?
Qual protege a vida de nós mesmos,
e de nossos erros?
Não adianta sermos movidos a palavras sem sentido,
a acusações sem provas.
Pois nada disso me dirá a maior verdade sobre você,
ou sobre qualquer outro,
do que a intensidade do brilho do seu olhar,
a firmeza da sua voz,
a segurança nas suas ações,
a energia que emana de seus poros.

Quem é você nesta multidão?

Quem é você nesta multidão?

Me mostre mais sobre você,
sobre seu passado,
sobre seu futuro,
álbuns de fotografia,
vídeos de momentos únicos e só seus.

Me fale sobre seus planos,
sobre lições que aprendeu
e dores que precisou suportar.

Me fale sobre a sua fragrância,
sobre o sol ou a chuva que prefere sobre tua pele,
sobre o sabor que lhe enche de satisfação.
Me fale mais sobre suas vontades,
suas carências e suas fraquezas.

Quais são suas fragrâncias?

Quais são suas fragrâncias?

Me mostre quem és no meio de tantos outros,
entre tantos momentos da vida,
acompanhado de tantas máscaras e fantasias.
Se revele.

A multidão que nos cerca move 
o mundo e suas criaturas
para as mais diversas e diferentes formas de se relacionar,
de se conhecer,
de se viver um ao lado de tantos outros.

Quais são suas fragrâncias?

Quais são suas fragrâncias?

Mas antes de qualquer coisa,
antes de se virar e me olhar nos olhos,
antes de dizer “prazer”,
antes de me lançar ódio ou inveja,
amor e alegria,
antes de qualquer ato e ação,
pense e diga,
simplesmente,
a verdade sobre você.

Pois quando se virar,
terás um ser humano na sua frente,
movido a erros e acertos, como você.
E por isso e muito mais,
merecedor da sua verdade
e sobre a verdade dessa e de qualquer outra história.

Me fale mais sobre você!

Me fale mais sobre você!

Me fale mais,
sendo verdade,
sobre você,
e o que desta relação humana,
podemos trocar.
Pois também quero falar um pouco mais sobre mim.

By: Jeff Wendell

Anúncios