You are currently browsing the monthly archive for abril 2012.

De onde tiramos nossa força?
Como conseguimos construir barreiras?
Escadas?
Trampolins?
Como conseguimos carregar
e recarregar essa energia que nos move
e nos faz acreditar?

Que força é essa?

Que força é essa?

Como lidar com essa máquina,
que tem como bateria o nosso próprio coração?
Como acreditar que com ela
somada a outras inúmeras qualidades,
emoções e razão
podemos vencer,
reconquistar,
brilhar,
e continuar de pé em nossas batalhas?

Muitas e muitas vezes
duvidamos da sua existência,
duvidamos da credibilidade dessa força,
quando não a julgamos culpada por nossas derrotas,
ou a acusamos por nos abandonar.

Essa força,
em muitos momentos estranha,
é aquela a mesma que faz nosso sorriso brilhar,
nossa voz ganhar vida,
que nos faz arriscar um pouco mais,
que não nos deixa solitários em meio a tempestade.
É a mesma que nos dá a mão,
que nos envolve nos momentos de dor,
nos apresenta a nós mesmos e a todo o nosso potencial.

Essa estranha força que nos move.

Essa estranha força que nos move.

Essa é a força que nos faz acreditar, que com ela:
podemos ser vitoriosos,
podemos sonhar mais alto,
podemos fazer algo mais por todos que nos cercam,
podemos ser justos,
podemos viver nossas alegrias.

Continue lendo »

Anúncios